Descubra que tipo de food truck é perfeito para o seu negócio

Quando uma empresa ou um empresário pensa no tipo de FOOD TRUCK a comprar para o seu negócio, descobre que existe uma grande variedade e escolha disponível.

Cada tipo de food truck tem as suas próprias vantagens e desvantagens, mas qual é o mais adequado para a sua ideia? Vamos facilitar-lhe a tarefa de encontrar o camião de comida perfeito para si.

Em primeiro lugar, a grafia correcta é “FOOD TRUCK”, que significa “food truck”. A tradução espanhola seria “Camión de comida”, embora também se utilize “Gastroneta“.

Outra possibilidade é falar de “Food Trailer”, que se traduz como “Reboque de comida”. Mas uma “full track”, “fuck trans”, “fut trak” ou “foodtrok” não são tipos diferentes, mas sim um erro tipográfico e pode encontrar algo que não procura….

É MELHOR UM FOOD TRUCK COM MOTOR OU SEM MOTOR?

Estes são os dois principais tipos em que os foodtrucks se podem dividir: motorizados e não motorizados. Consoante a empresa que se pretende criar, será preferível uma ou outra.

Na LACOMMA sabemos que, na maioria das vezes, um food truck sem motor, um reboque, é a melhor opção porque tem muitos prós e poucos contras.

Estas são as VANTAGENS DO REBOQUE:

– Investimento inicial mais baixo.

Um reboque é mais barato do que um food truck com motor, é uma opção mais acessível para o empresário que inicia um negócio sobre rodas.

– Manutenção fácil.

A médio e longo prazo, a manutenção de um reboque é muito mais simples e barata do que a de um veículo a motor. Além disso, não são submetidos a inspecções periódicas (ITV).

– Fácil mobilidade.

Para eventos de longa duração ou locais de trabalho permanentes, a mobilidade autónoma não é tão importante. Um reboque é fácil de deslocar alguns metros ou de mudar de posição.

– Maior flexibilidade.

Pode desengatar o food truck quando chega a um evento e o carro que puxa fica disponível para fazer compras ou passear enquanto não está a trabalhar.

– Espaço interior.

Num atrelado, é normalmente utilizado mais espaço porque não há cavas de rodas no interior, nem bancos para o condutor, nem depósito de combustível… E têm mais altura!

– Menos custos fixos.

Um reboque ligeiro (<750Kg) não necessita de seguro próprio (o seguro do automóvel é suficiente), não tem de passar por inspecções periódicas e não tem mecânica, baterias ou eletrónica que se deteriorem se não for utilizado. É por isso que permite a conversão de custos fixos em custos variáveis, pois só gasta quando é utilizado.

Estas são algumas das VANTAGENS DO FOOD TRUCK COM MOTOR:

– Impacto visual.

Temos em mente a imagem dos food trucks americanos e é isso que nos parece mais autêntico. As grandes carrinhas, como a Daimler UPS, ou uma carrinha antiga restaurada atraem sempre muita atenção. As carrinhas actuais são também uma opção, mas não têm o mesmo impacto.

– Velocidade.

Demora apenas alguns minutos entre o momento em que estaciona e o momento em que está pronto para trabalhar. Pode deslocar-se rapidamente a várias zonas no mesmo dia. Para se deslocar muito, é interessante que o food truck seja muito autónomo.

Certamente que há mais vantagens nos food trucks motorizados, mas não as vejo porque têm um preço muito mais elevado. Além disso, em caso de avaria mecânica, fica impossibilitado de trabalhar, ao passo que com um reboque só tem de mudar o veículo trator. Por favor, escreva nos comentários quaisquer outros benefícios de que se lembre.

QUE TAMANHO DEVE TER O MEU FOOD TRUCK?

Descubra que tipo de camião de comida é perfeito para o seu negócio
Descubra que tipo de FOOD TRUCK é perfeito para o seu negócio

O tamanho é outra variável importante a considerar ao escolher o tipo de camião de alimentos a comprar. Cada caso é único e a sua empresa terá necessidades diferentes das outras. Nem sempre é melhor ser “grande, quer ande ou não”. Deve fazer a si próprio uma série de perguntas para saber qual é o tamanho ideal:

Quantas pessoas vão trabalhar no interior?

Qual é o espaço ocupado pela máquina?

Qual é a quantidade de armazenamento de provisões de que necessita?

A resposta a estas perguntas dir-lhe-á a quantidade de alimentos que pode preparar num dia e o tamanho que o food truck deve ter.

Por exemplo, se o seu negócio apenas vende empanadas e refrigerantes, poderá vender uma grande quantidade com menos espaço do que outro negócio que oferece uma variedade de pratos de carne e batatas. O segundo necessitará de mais pessoal, mais maquinaria e mais armazenamento de alimentos, pelo que necessitará de um veículo maior.

Consideram-se pequenos camiões de alimentos os que não excedem 5 m2 , ou seja, menos de 3m. de comprimento e 2m. largo. Mas não se deve guiar pelas medidas exteriores, mas sim pelo espaço interior disponível.

Não se esqueça de que, à medida que o tamanho do food truck aumenta, também aumenta o preço de compra, o combustível para o movimentar e o custo de manutenção. Por conseguinte, é muito importante equilibrar a dimensão do camião de alimentos e a quantidade de negócios que espera receber com o orçamento disponível.

QUAL É O ESTILO MAIS ADEQUADO?

 

 

O estilo do seu food truck vai falar de si e do seu produto. É muito importante personalizar o seu camião de comida ao longo do tempo para vender à distância ao seu público, tal como explicado na publicação do blogue dedicada aos acessórios e à decoração do food truck.

Por exemplo, um sinal fluorescente é muito apelativo mas pode assustar um tipo de cliente que se sentirá mais atraído por um sinal pintado à mão. Aprenderá isso quando conhecer bem a sua clientela.

Na LACOMMA pode encontrar uma grande variedade de estilos, desde o estilo retro do LT ou do Caravan, ao moderno FusionXXL ou ao estilo prático do Container.

Aqui estão algumas dicas sobre como escolher o estilo certo para o seu food truck :

– Tipo de alimento.

Alguns estilos são mais adequados para determinados tipos de alimentos. Na minha opinião, um food truck de omeletas espanholas deve ser colocado num food truck arredondado, ao passo que, se o seu produto for uma pizza quadrada, deve procurar um veículo com linhas rectas.

– Imagem que pretende projetar.

O estilo do seu camião de comida deve ser uma extensão da sua marca. Se quiser um aspeto moderno e industrial, pode pensar num contentor ou numa carrinha. Para uma imagem clássica, uma carrinha ou caravana retro é mais adequada.

– Orçamento.

Para vender um hambúrguer genuinamente americano, o ideal é um grande camião de comida com motor, mas o preço pode subir em flecha. Pode resolver este problema com uma réplica de uma carrinha (que na realidade é um atrelado, mas quando está parada não faz grande diferença) ou uma caravana com uma grande bandeira americana. A decoração e a personalização são o melhor sinal de identidade e ganham-se com o tempo.

Em resumo, para escolher o tipo de camião de alimentos a comprar que se adapta ao seu negócio, deve ter em conta que deve ser confortável para trabalhar (saber o número habitual de efectivos), que dispõe de um número suficiente de espaço para máquinas e armazenamentoe um esteticamente agradável para o seu produto.

Scroll to Top